Please Wait
Sede Da Madrugada

Jully DeLarge e Rôney Rodrigues, Brasil, 12’30

HT | X

Conhece-te a ti mesmo”, diz a socrática máxima grega, inscrita no Templo de Apolo. E é isso que Jully DeLarge, filosoficamente, faz nesse filme de “um desejo só”. Com seus dedos e saliva exercita, religiosamente, a autodescoberta erótica de seu corpo. O instante é só dela. Para isso, prepara como em um mítico ritual seu templo de transcendência orgástica: se veste para se despir, se maquia com esmero, acende velas, coloca seu vinil predileto na agulha da vitrola.  Saboreie nas curvas, fluidos e gemidos de Jully a aventura de desbravar o próprio desejo e de, como já brincou Woody Allen, fazer sexo com a pessoa que você mais ama.
Please Wait
Filme Doce Número 2

Coletivo "?", Brasil, 20’49

FT

Em sua investigação acerca da performatividade em múltiplas linguagens, o Coletivo "?" explora o território do pós-pornô, onde a sexualidade se reinventa sob novas configurações. Dadaísmo subtropicalista ou hedonismo pós-tropicalista? Udigrudi 2.0
Please Wait
Shinning Her Latex

Leo Latex, Brasil, 15’

HT | FT | X

Ela vestiu seu corset, colocou sua mini sai, luvas, meias e mascara de latex; ela brincou com o dildo na boca seduzindo seu dono, ela brincou e enfiou acintosamente deixando seu dono excitado. Agora ela precisa resolver e satisfaze-lo da maneira mais safada.